NOSSAS ESPECIALIDADES

Fisioterapia Ortopédica

Uma das mais procuradas e conhecidas áreas da fisioterapia, a fisioterapia ortopédica é a especialidade responsável pela prevenção, tratamento e recuperação de problemas e patologias que ocorrem sobretudo nos ossos e na musculatura, oferecendo um amplo leque de possibilidades de tratamentos das mais diversas disfunções relacionadas.

Essa ramo da fisioterapia consegue detectar precocemente e tratar problemas musculares, ligamentares ou posturais que possam comprometer a saúde e mobilidade dos pacientes em um futuro próximo.

A fisioterapia ortopédica trata de lesões e disfunções osteomiarticulares, problemas ocasionados por LER (lesões de esforço repetitivo), dores localizadas (muito recorrentes nos dias de hoje), tendinite, bursite, hérnia de disco, lombalgia, fraturas, cirurgias (como as de joelho, ombros e tornozelo, por exemplo), traumas ligamentares, entre tantas outras possibilidades.

No caso de lesões que não podem ser prevenidas, sobretudo aquelas comuns durante a prática de esportes, afazeres domésticos ou durante os trabalhos diários, a meta da fisioterapia é fazer o paciente retomar o seu ritmo normal, restabelecendo movimentos e amenizando suas dores. Outro ponto importante na fisioterapia ortopédica é o fortalecimento dos músculos assim protegendo e prevenindo futuras lesões aos pacientes.

Fisioterapia Traumatológica

Trauma ortopédico ocorre pós acidentes automobilísticos, quedas, acidentes esportivos e alterações artríticas. Seja qual for a patologia, lesões ortopédicas exigem experiência para aconselhar o cliente sobre as questões de mobilidade, exercício adequado e específico. É necessário fortalecer, alongar, e estabilizar o músculo afetado.
Os programas terapêuticos incluem o fortalecimento e alongamento por meio de exercício, otreinamento funcional para caminhadas ou atividades de vida diária, piscina terapêutica, terapia manual para a mobilização articular, equilíbrio reciclagem e recondicionamento aeróbio.

Fisioterapeutas são sempre promovedores e incentivadores dos cuidados à saúde e para ajudar a guias através do processo de reabilitação para que possa retornar à sua vida normal o mais rapidamente possível.

Método McKenzie

É uma técnica de avaliação e de autotratamento da Fisioterapia Avançada e baseada em evidência, que oferece condições para você se tratar de maneira rápida, segura e eficaz, sem depender de medicação, calor, gelo, ultrassom ou cirurgias.
Esta abordagem é conhecida no mundo inteiro como Método Mckenzie de Diagnóstico e Terapia Mecânica (em inglês, Mechanical Diagnosis and Therapy – MDT).

Por que o resultado é rápido, seguro e eficaz?

  • Por que determina um diagnóstico mecânico preciso;
  • Concilia as habilidades do paciente com a compreensão do seu problema;
  • Estimula o autotratamento;
  • Torna o paciente independente do terapeuta;
  • Previne de forma eficaz futuras crises de dor;
  • Reduz a dependência dos pacientes a medicamento como antiinflamatórios, analgésicos e corticóides.

Hidroterapia

A hidroterapia, também conhecida como fisioterapia aquática ou aquaterapia, é uma atividade terapêutica que consiste na realização de exercícios dentro de uma piscina com água aquecida, em torno dos 34ºC, para acelerar a recuperação de atletas lesionados ou pacientes com artrite, por exemplo.

Geralmente, a hidroterapia é feita por um fisioterapeuta e é muito utilizada por gestantes e idosos porque ajuda no tratamento de:

  • Artrite, artrose ou reumatismo;
  • Problemas ortopédicos, como fraturas ou hérnias discais;
  • Lesões musculares;
  • Dores articulares;
  • Inchaço nas pernas;
  • Dificuldade respiratória;
  • Problemas neurológicos.

Liberação Miofascial

Esse tratamento visa não só corrigir as alterações miofasciais mas também as alterações fasciais existentes no corpo.

O seu objetivo é alterar a fáscia, devolvendo-lhe a elasticidade e flexibilidade perdidas, pondo fim às dores sejam elas crônicas ou não, sejam dores fasciais ou miofasciais ou mesmo as dores da fibromialgia.

Esta abordagem permite fazer muitas coisas mais, além da eliminação da dor, uma vez que a fáscia está presente em todo o corpo desde a cabeça aos pés e é responsável por muitos problemas do corpo e dos nossos órgãos.

Bandagem Funcional

Trata-se de uma bandagem elástica funcional, conhecida também como banda neuromuscular ou bandagem elástica. Ela é feita a partir de algodão, possui uma cola especial para grudar na pele e poros para facilitar a respiração cutânea, além de poder ser esticada até 140%.

    • Criada nos anos 70 na Ásia, este tipo de bandagem tem como funções:

    • Estabilização
    • Contenção
    • Imobilização
    • Proteção
    • Prevenção
    • Estimulação

Segundo o Dr. Kenzo Kase, criador da bandagem elástica conhecida como Kinesio Tape (marca mais famosa dessas bandagens), “os músculos não realizam apenas movimento, mas também influenciam os sistemas circulatório, linfático e térmico”.

A tensão criada a partir da elasticidade da bandagem, segundo o criador da técnica, é capaz de, por exemplo, aumentar o espaço subcutâneo. Isto estaria relacionado com a melhora da circulação local.

Ao aplicar-se a bandagem sobre um músculo, ele pode ser estimulado indiretamente a relaxar-se ou ativar-se, de acordo com a forma de aplicação. Se aplicado no sentido da origem para a inserção do músculo o efeito será de tonificação ou ativação. Aplicando-se no sentido contrário, o efeito é relaxante.

Pós-mastectomia

O período de recuperação de pacientes em tratamento é muito importante e varia de acordo com as características individuais, a extensão da doença e o tratamento recebido.

A prática de exercícios físicos após a cirurgia ajuda a restabelecer os movimentos e a recuperar a força no braço e no ombro. Auxilia, também, na diminuição da dor e da rigidez nas costas e no pescoço.

Os exercícios são cuidadosamente programados e devem ser iniciados tão logo o médico autorize, o que costuma ocorrer um ou dois dias após a cirurgia. Inicialmente, os exercícios são leves e podem ser feitos na cama.

Gradativamente, passam a ser mais ativos e devem ser incorporados à rotina diária.

Acupuntura

A acupuntura é uma terapia milenar originária da China, que consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo para tratar doenças e para promover saúde. Estas agulhas, quando aplicadas sobre algumas regiões específicas são capazes de tratar diversas doenças físicas ou emocionais como sinusite, asma, enxaqueca ou artrite por exemplo, além de melhorar o sistema imunitário.

A inserção das agulhas de Acupuntura estimula as terminações nervosas existentes na pele e nos outros tecidos, enviando desta forma mensagens até ao cérebro, o que desencadeia diferentes efeitos no corpo, como ação analgésica ou anti-inflamatória, por exemplo. Existem diversas comprovações científicas de que a acupuntura funciona mesmo, porém no Brasil ela só deve ser utilizada como forma para complementar o tratamento clínico orientado pelo médico.

RPG (Reeducação Postural Global)

A RPG representa uma série de exercícios práticos para evitar e aliviar os diversos tipos de dores com movimentos que ajudam a alongar a musculatura e contribuem para dar mais forma ao corpo.

Quando o paciente é submetido aos cuidados de um profissional qualificado, entre outras disfunções, ele pode corrigir a postura, resolver problemas crônicos de coluna, tonificar os músculos, melhorar a asma e bronquite e crescer de dois a três centímetros, com a recolocação dos ossos no lugar correto. Uma postura correta ajuda até na diminuição da incômoda barriguinha, pois corrigindo a postura, a barriga diminui.

A RPG também pode ser aplicada às mulheres grávidas e muitos médicos obstetras já indicam com a devida atenção individual e adaptação à realidade da gestante. Incluem desde a preparação para o parto até a recuperação pós- parto.

Os médicos já estão conscientes dos benefícios que a RPG pode trazer a saúde de seus pacientes e indicam o tratamento associando ao uso dos medicamentos para uma resposta mais rápida.

Como é o tratamento o RPG?
A RPG deve ser aplicada por fisioterapeutas RPGistas, ou seja, que participaram do curso preparatório ministrado por Philippe Souchard.  O tratamento consiste em consultas de 1 a 2 vezes por semana com cerca de 1 hora ou mais de duração de acordo com a necessidade a ser avaliada pelo fisioterapeuta acompanhante. Logo na primeira avaliação pode se ter uma idéia do tempo a ser dedicado e da duração do tratamento.Os resultados aparecem em torno da décima sessão e atingem sucesso em até 90% dos casos. O campo de aplicação é enorme e o método de tratamento deve elevar-se ao nível de complexidade de cada caso ou patologia.

Ventosaterapia

A Ventosaterapia é utilizada no Oriente há centenas de anos e sua aplicação além de favorecer a limpeza corporal, atuando nas trocas gasosas eliminando assim a toxidade que afeta o organismo, regula o PH sanguíneo e traz um efeito reflexo quando aplicada nos pontos ou meridianos de Acupuntura.

Quer saber mais sobre essa técnica que tem ganhado o gosto das pessoas, principalmente dos atletas de alto-rendimento? Continue a ler este texto e aprenda mais sobre o assunto!

O tratamento por ventosa consiste em trazer as células doentes do sangue, do interior do corpo para a superfície, por fortes absorções, recuperando as células doentes.

Com o vácuo e a absorção na superfície do corpo, que abrem os vasos capilares e os poros, as toxinas são retiradas, ocorrem troca de gases, oxigenação do sangue, e a circulação sanguínea é ativada.

É basicamente uma técnica de sucção através de uma campânula de vidro que produz um vácuo de determinadas regiões do corpo.

A Ventosaterapia é utilizada frequentemente para tratar tanto lesões atléticas agudas quanto crônicas. Condições musculoesqueléticas têm provado ser uma das principais razões pelas quais os pacientes se voltam para acupuntura.